Ventilador de teto: alternativa de economia, frescor e decoração

ventilador-de-teto
01.08.2019 - 08:00

 

Quer refrescar sua casa alugada de um jeito econômico, e o melhor de tudo, dando um toque a mais na decoração? O ventilador de teto ainda não caiu no esquecimento e pode ser a alternativa que você busca para ter um lar arejado, sem precisar se preocupar com custos altos de instalação e manutenção, tanto quanto um ar-condicionado.

 

Há quem é contra, por não ser tão potente, mas o truque para quem opta pelos ventiladores, é abrir todas as janelas e ligar o ventilador no modo exaustor por um tempo. Assim, o ar quente vai para fora e o ar frio sobe para o ambiente ficar mais fresco.

 

Anotou a dica? Agora para conhecer um pouco mais sobre essa alternativa, bem como os cuidados com instalação e manutenção, as vantagens que pode proporcionar na sua saúde e de como escolher o melhor modelo para sua casa alugada e seu bolso, continue lendo este post.



Um pouco mais sobre a economia dos ventiladores de teto

 

De acordo com um estudo feito pela Enel, o consumo de energia de um ventilador não chega a 60% do valor de um aparelho de ar-condicionado. Outro segredo para economizar é prestar atenção em quantas hélices o ventilador possui, porque quanto maior a quantidade, maior será o gasto de energia.

 

Na hora de comprar também é legal conferir o rótulo. Por meio da etiqueta Procel você consegue saber qual a estimativa de consumo de energia, eficiência e vazão do ar do aparelho.



Vantagens para a saúde

 

O ventilador de teto é uma ótima alternativa para quem tem problemas respiratórios, como por exemplo rinite, sinusite, bronquite, asma e alergias no geral. Além disso, esses aparelhos ajudam a espantar os insetos, inclusive em ambientes abertos, coisa que nem o ar-condicionado pode fazer.



Como escolher ventilador de teto?

Não compre um ventilador sem testar! Você precisa ficar atento ao barulho que ele faz quando está ligado. Os novos modelos são mais silenciosos e só possuem barulho quando não estão instalados corretamente, ou com peças soltas.

 

Agora os modelos vão ser de acordo com a área da sua casa que você quer instalar o aparelho. E não se esqueça que o ventilador também faz parte da decoração!

 

Se o seu ambiente possui móveis mais rústicos, você pode optar por ventiladores em palha, por exemplo. Mas se a decoração do ambiente for mais moderna, você pode optar por um aparelho que seja da mesma cor do teto, para não interferir tanto no ambiente, ou na cor que é mais predominante no espaço.

 

Se a decoração for mais no estilo industrial, você pode optar por materiais em metal, para dar um toque especial no ambiente. O importante na hora de escolher é olhar para cada espaço com carinho e visualizar o toque que falta e que pode ser facilmente resolvido com a escolha do ventilador certo para compor a decoração.

 

Como instalar corretamente ventilador de teto?

 

É de extrema importância fazer a instalação correta, principalmente em casa alugada. Verifique antes para saber se a superfície é sólida e que pode suportar a carga mínima de 25 quilos. E é claro, você deve aproveitar um lugar que já tenha um ponto de luz ligado ao interruptor, mesmo que atualmente até os ventiladores possuem controle remoto.

 

Também é preciso de atentar para a instalação segura: altura m´nima de distância em relação ao chão, do teto e das paredes. Para isso, contrate um eletricista de confiança, que vá fazer o trabalho correto.

 

Quais os cuidados que devo ter na manutenção?

 

O período ideal para manutenção é de seis em seis meses, mas se ele apresentar barulho excessivo ou alta temperatura no motor, é sinal que precisa de manutenção. E para evitar maiores problemas, é preciso limpar sempre as pás com um pano úmido para retirar a poeira que fica - aqui, sua saúde também agradece!

 

Gostou dessa alternativa econômica para a sua casa alugada? Fique de olho na nossa página de dicas para ter uma vida melhor. 


« Voltar